13 de abril de 2016

ÊXTASE



... e quando as águas cobrem
meu corpo exposto ao sol,
o sal da vida nelas espalha
a branca espuma
de uma suave entrega

Em passos de dança lenta,
tudo se move,
enquanto sussurros
deslizam em meus ouvidos
e os olhos fecho
para abraçar o enlevo


       Marilene




32 comentários:

  1. Belíssimo, Marilene! Tenha uma linda semana. bjsss

    ResponderExcluir
  2. Um belo poema muito bem ilustrado por uma magnifica fotografia.
    Um abraço e óptima Quarta-Feira.

    ResponderExcluir
  3. Superb poem and the image, excellent.

    ResponderExcluir
  4. Bonita abstracción, bien acompañada por la poesía.

    Saludos.

    ResponderExcluir
  5. Como sempre, poesia e foto maravilhosas, uma perfeita conexão! bjs, lindo dia,tuuuuuuuuuuuuudo de bom! chica

    ResponderExcluir
  6. Poema Sublime, com uma foto fantástica!!

    Beijinhos

    http://coisasdeumavida172.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  7. Lindíssimo, Marilene. Dos seus, acho que o mais belo.
    Minha amiga, publiquei um poema de uma poetisa portuguesa aqui da blogosfera no Poesia. Gostaria que vc aparecesse por lá.
    Beijo e bom dia*

    ResponderExcluir
  8. O êxtase de um corpo entregue ao sol e ao sal da vida, na leveza da espuma do mar que nos permite abraçar por momentos o infinito.
    Muito lindo, Marilene, e a foto denota bem a suavidade desse enlevo.
    xx

    ResponderExcluir
  9. Um verdadeiro êxtase... esta sensação brilhantemente reflectida nas suas palavras, Marilene... e uma imagem que me deixou extasiada... o efeito gráfico obtido, com a espuma... está fantástico!...
    Enfim! Um post que é mesmo um puro êxtase, para os sentidos!...
    Beijos, Marilene! Continuação de uma boa semana!
    Ana

    ResponderExcluir
  10. Sublimes palavras Marilene e uma foto maravilhosa!
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Mari,
    A foto está espectacular e o poema brutal!
    Amei!

    Beijo

    ResponderExcluir
  12. Um post de luxo. 10**********.

    Foto e poema uma ternura.

    Parabéns.

    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  13. Boa noite, querida Marilene!
    Um poema deslumbrante onde os sentidos são expostos em forma de versos...
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
  14. Partilho deste sentir. Tenho pena de não viver perto do mar.
    Excelente! Texto e foto!
    BJO, amiga :)

    ResponderExcluir
  15. O Mar aciona este êxtase, planta poesia dentro de nós e
    nos convida para a beleza da vida!...

    A foto deslumbrante d beleza acompanhada com a grandiosidade sublime
    do sentir poético, Poetisa Inspirada!!

    Adorei, Marilene!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  16. Preciosas palabras Marilene. El agua es un manantal lleno de vida ;)
    Un beso.

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde, lindo poema, o sal da vida que faz todo o sentido.
    AG

    ResponderExcluir
  18. momentos únicos.
    bela foto com um belíssimo poema a acompanhar.
    gostei da sintonia entre os dois.
    beijo
    :)

    ResponderExcluir
  19. Amiga Marilene,

    Quando sentimos assim os elementos da natureza o êxtase acontece e embriaga-nos.

    Um maravilhosa foto, parabéns!

    Um beijinho


    ResponderExcluir
  20. Suave e salgado como as ondas do mar. Tem tanta sensibilidade com as palavras como com a máquina fotográfica. Parabéns.
    Beijinho, um lindo fim-de-semana
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  21. Brisa salgada pela delícia de tão lírico depoimento.
    Cadinho RoCo

    ResponderExcluir
  22. Belo momento de êxtase traduzido neste lindo poema.
    O mar já conduz espontaneamente a um estado de êxtase, tal a sua beleza e magnitude.
    A foto ficou linda.

    Beijo.

    ResponderExcluir
  23. Palavras que confortam a brisa salgada...
    Beijo

    ResponderExcluir
  24. Encantamento e entrega pelas ondas do mar. Bjs

    ResponderExcluir
  25. Encantamento e entrega pelas ondas do mar. Bjs

    ResponderExcluir
  26. Excelente o poema e a fotografia....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  27. Excelente o poema e a fotografia....
    Cumprimentos

    ResponderExcluir
  28. Neste vai e vem delas há toda uma historia,
    há lembranças que se elevam e lavam mágoas,
    arrastam indecisões e deixam um frescor.
    Bonita imagem e inspiração.
    Bjs

    ResponderExcluir
  29. Olá,Marilene, boa noite,dizemos que alguém sofre o êxtase quando fica fora de si mesmo e a espuma branca ,o modo de mover-se, o vai e vem constante ,sua forma fria e molhada é a mestre ...
    ps: vc sabe que não ligo muito para quantidade de comments e sim para a qualidade e fiquei muito feliz em te "ver" como 5 top commenter de meu blog, pois,apesar que este gadget "mede a quantidade de comments ", é super gratificante saber que estão como tops , somente comentaristas de qualidade,...obrigado!
    Belos dias,beijos!

    ResponderExcluir
  30. Olá, Marilene,bom dia..sim, tenho absoluta certeza que tu vai/vem ao meu blog com prazer,tal a qualidade dos seus comments... outro dia,comentei com sua Kilida Mana,não entender a razão de alguns visitarem os blogs com uma má vontade danadis, e isso transparece claramente na qualidade dos comments, é um tal de dizer nada, sintetizado, que me incomoda ...faz parte!
    hehehe,é verdade,jogava bastante Candy , agora que fechei meu perfil - fiquei incomodado com a falta de sensibilidade de alguns familiares,naquele episódio com meu mano - snif, parei de jogar.
    Quando precisar personalizar seu blog é só me pedir...de tanto fuçar, virei um nerd nisso!
    Obrigado pelo carinho,Belo dia,beijos!

    ResponderExcluir
  31. Deslumbrantes Marilene, poesia e fotografia!
    Um abraço e bom final de semana.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...